A crise que assola a economia nacional nos últimos anos tem castigado o bolso dos brasileiros. Índice da Fundação Getúlio Vargas divulgado no último dia 15 – o FGV Social – aponta que em 2016 a desigualdade entre a população aumentou pela primeira vez nos últimos 22 anos. De acordo com a instituição, isso foi motivado pelo aumento do desemprego e da inflação, que diminuem o poder de consumo do brasileiro.

Neste cenário, em que todo mundo precisa economizar, o Guichê Virtual – startup líder na venda de passagens de ônibus no Brasil – pode te ajudar. A empresa montou uma lista com 3 dicas do que fazer para economizar nas viagens.

1) Aproveite os descontos das companhias

É bom ficar atento ao que as principais viações oferecem. A Viação Transpen, por exemplo, acaba de lançar preços promocionais para linhas do Sul e Sudeste do Brasil. A promoção vale até junho para as passagens de ônibus da linha entre Curitiba e Campinas, e vice-versa, duas cidades importantes na conexão entre os Estados do Paraná e de São Paulo.

2) Procure por hospedagens baratas

Algumas hospedagens cobram mais caro, pois oferecem café da manhã. Neste caso uma boa opção é você levar seu próprio café. Se você precisa de apenas algumas horas para descansar ou tomar um banho, uma opção que vale a pena é o HotelQuando.com. Outra dica é pesquisar preços em sites que oferecem promoções e pacotes, onde você conseguirá limitar o valor a pagar e encontrar hostels por um valor mais baixo. E já pensou em alugar o apartamento ou casa de alguém? Assim você economiza com as idas aos restaurantes. Essa opção você consegue encontrar pelo site Airbnb.

3) Guarde um dinheiro por mês para viagens

Guardar dinheiro pode ser uma tarefa impossível às vezes, mas quando se tem uma meta a cumprir, tudo é possível. Para ajudar, que tal comprar um cofrinho que fique à vista? Assim você sempre vai se lembrar da viagem dos sonhos que você quer tanto fazer. Qualquer 5 reais por dia já conta. E claro, se você conseguir pegar 10% do seu salário e guardá-lo, melhor ainda. E quando chegar lá ao seu destino, não vá ficar comprando tudo no hotel. Dê preferência a fazer as compras nos mercados e estabelecimentos que não cobrarem preços tão elevados.

Veja também estas dicas para organizar suas finanças pessoais em tempos de crise:
22