Quem tem animais de estimação inevitavelmente também tem gastos mensais fixos, além de despesas extras que volta e meia aparecem. E assim como outros valores que precisam ir para a planilha de receitas e despesas, estes são fundamentais para quem quer ter controle sobre o próprio orçamento e conseguir realizar planos maiores lá na frente. Vamos a alguns pontos que você deve anotar?

Ração/alimentação– Quanto você gasta mensalmente em ração (ou alimentação natural) para o seu animal? Costuma pesquisar os preços ou compra sem pesquisar? Já reparou que os pacotes maiores costumam sair bem mais baratos do que os menores? Faça os cálculos.

Brinquedos e roupinhas – Você costuma comprar muitos brinquedos e roupas para seus animais de estimação? Consegue controlar os gastos consigo mesmo mas quando é para eles perde as estribeiras? Saiba que a maior parte dos animais sequer gosta dessas roupinhas, por isso vale avaliar com cuidado antes de sair torrando dinheiro. Eles também vão preferir tempo de qualidade com você no lugar de brinquedos caros.

Banho e tosa – Pesquise os preços com banho e tosa e avalie com o veterinário a frequência recomendada. Pode ser que esteja dando mais banhos do que o necessário. E também vale avaliar pacotes e pedir desconto se for o caso.

Veterinário – Animais, assim como humanos, também podem gerar gastos extraordinários que acabam com o orçamento! Pode ser válido avaliar os planos de saúde pet que começam a existir no mercado e você contrata por pequenos valores mensais, assim você protegerá o bolso no caso de emergências.

Leia também: 11