A leitura é uma das ferramentas mais importantes quando se trata de buscar informações, conhecer outras realidades, educar-se de formas variadas. Apesar do brasileiro ser conhecido pelo baixo índice de leitura (uma pesquisa realizada em 2016 indicou que 44% da população não lê e 30% nunca comprou um livro), quem gosta de ler nunca deixa de ter um livro como companheiro. Mas como fazer para conseguir ler mais sem detonar o orçamento?

Além das opções gratuitas, como a busca por bibliotecas próximas e a troca de livros entre amigos, outra das alternativas é realizar compras em sebos. Se alguns anos atrás, eles existiam aos montes e tinham lugar físico garantido, aos poucos seu número foi diminuindo e, hoje, fica fácil encontrá-los pela internet, são os chamados sebos virtuais.

Os sebos virtuais reúnem sebos físicos dispersos por aí. Um deles é o Estante Virtual (www.estantevirtual.com.br). Lá é possível pesquisar os exemplares por título, nome do autor, palavras-chave, e etc. e ter acesso a uma lista de sebos em diversas cidades brasileiras que têm o livro para venda. Cada sebo explica as condições em que o exemplar se encontra e pode disponibilizar fotos também.

Os preços variam, mas são muito menores do que os preços de livros novos. A entrega é feita via Correios com taxa já cobrada na compra. Trata-se de uma alternativa interessante para quem quer continuar lendo bastante sem gastar muito.

Leia também:
16